Nova Zelândia considerada o melhor lugar para se viver

Posted by Mary Rocha on 8 November 2016 | 0 Comments

Tags: ,

A Nova Zelândia foi oficialmente nomeada o melhor país do mundo para viver e eu que moro aqui há 10 anos, já morei em outros países, não poderia deixar de concordar!

Obviamente que o país tem seus problemas, afinal de contas, todos os países são compostos por nós, seres humanos e estamos longe de ser perfeitos.

Além disso, como ouvi recentemente numa palestra, o paraíso não é um lugar e sim um estado da sua consciência. De qualquer modo, tirando esta parte espiritual e focando no aspecto social do local onde você está vivendo atualmente, acredito que quando você escolhe um lugar para morar e criar a sua família, seja um país ou uma cidade, você vai encontrar disfunções do sistema em qualquer parte do mundo. Mas é necessário que se faça uma escolha consciente de quais são as disfunções que você está disposto (a) a aturar.

Portanto, há sim algumas coisas que não “engulo” por completo enquanto cidadã, por exemplo a falta de flexibilidade em algumas situações por parte dos locais. Porém isto torna-se um pormenor quando você considera a segurança que o país lhe oferece. Às vezes reclamo do clima que é instável e maluco, mas a quantidade de locais belíssimos ao meu redor, talvez por conta do tempo maluco, é indiscutível. Percebi que leva-se mais tempo para criar uma amizade sólida com um neozelandês se comparado com outras culturas mais abertas, mas quando isso acontece, você tem um amigo para a vida, que fará de tudo para lhe ajudar.

Por fim, há dois aspectos que superam os pontos negativos que encontro no meu dia. O primeiro é que os neozelandeses tem um profundo respeito pela natureza, e um orgulho muito grande do país que vivem. Tanto o governo quanto a população se esmeram na conservação do local que vivem, seja do quarteirão que moram, ou se visitantes em outra cidade. O segundo aspecto - e talvez o que mais condiz com a minha escolha de continuar morando na Nova Zelândia - é que o neozelandês é um povo hospitaleiro e amigável o que contribui para uma sociedade, de forma geral, muito equalitária. Todos são vistos da mesma forma e respeitados do mesmo jeito, não interessa cor da pele, religião, status social, preferências sexuais, ou ideologias políticas. Desde que não se discrimine e se respeitem as leis, qualquer visitante ou novo residente será bem-vindo ao país, e será muito bem tratado.

Bom, mas tirando a minha opinião pessoal, em que baseamento estatístico a Nova Zelândia foi considerada o melhor país para se viver?

 

Todos os anos, o Legatum Prosperity Index, uma divisão da empresa de investimento privado Legatum desenvolvido pelo London Legatum Institute, compara cada um dos países do mundo com base em inúmeros fatores. São eles bem-estar, liberdade, saúde, laços sociais, oportunidades de negócios, governança, natureza, educação e segurança em um ranking anual de 149 países que abrange 90% da população mundial e 99% do PIB mundial. E a Nova Zelândia foi escolhida como o principal país do mundo baseado no ranking de prosperidade, superando a Finlândia, a Austrália e o Canadá.

 

 

O relatório informa que "A Nova Zelândia é um dos mercados menos distorcidos do mundo". E os elogios não focaram somente o desempenho econômico da Nova Zelândia que criou laços comerciais fortes com a China e o Trans-Pacific Partnership, conjunto de países que tem acordos comerciais. A Nova Zelândia teve um destaque também na saúde. "Por trás da melhoria da Nova Zelândia está um aumento de 85% de satisfação de sua população com o sistema de saúde, a expectativa de vida elevada que aumentou em quase dois anos na última década e a queda da mortalidade", complementa o relatório.

Uma das críticas que o índice teve para a Nova Zelândia todavia foi sua posição no número quinze no ranking de educação. "Se o país não pode sustentar a base de habilidades na educação, então a prosperidade está em risco", informa o relatório.

De qualquer forma, a Nova Zelândia ultrapassou a Noruega, que foi o país vencedor do ano passado e apesar da pequena população, a Nova Zelândia reinou em primeiro lugar devido a seus "mercados livres e abertos, pessoas livres e uma sociedade forte".

Na lista dos países, a Noruega conquistou o segundo lugar, enquanto países como a Finlândia, Suíça, Canadá e Austrália compõe o restante. Veja a lista abaixo destes países e os países com menos desenvolvimento (bottom ten).

 

 

Quer saber mais?

 

Turismo na Nova Zelândia

Empregos na Nova Zelândia

Intercâmbio na Nova Zelândia

 


Post your comment

Comments

No one has commented on this page yet.

RSS feed for comments on this page | RSS feed for all comments